quinta-feira, 21 de maio de 2009



Aos 40 anos, e depois de uma época (a atual) em que esteve sete meses lesionado, Luís Jesus não quer colocar um ponto final na carreira, "como que esquecido".

E explica: "Era minha intenção fazer desta a última época, mas a lesão não me deixou concretizar o sonho que tinha - ser campeão nacional de corta-mato. Já fui campeão em 1.500 m, 5.000 m, 10.000 m, obstáculos, estrada e maratona - sou certamente um caso único - falta-me apenas sê-lo também em corta-mato.

Fui quatro vezes terceiro, em anos dominados por grandes atletas como Domingos Castro, Paulo Guerra, Eduardo Henriques e Fernando Silva. Ainda penso que pode chegar a minha vez..." E acrescenta: "Gostaria de sair com a imagem fortalecida..."
Olímpico em 1996 (em 1.500 m), Luís Jesus esteve em três Campeonatos do Mundo (sucessivamente em 10.000 m, 1.500 m e maratona!) e no Europeu de 2006 (foi 10.º na maratona). As suas melhores classificações foram conseguidas nos Mundiais de Meia-Maratona: 8.º em 1997 (com o ainda recorde nacional de 1.00.56) e 7.º em 1998.
Jesus representa a Conforlimpa desde 1998.

Record.pt

1 comentário:

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Nuno, boa noite meu amigo, história fantástica do Luis Jesus hein, parabéns a ele por não desistir desse esporte maravilhoso e parabéns a vc por compartilhar essa história conosco.
Obrigado pela visita e pelas forças, também desejo a vc meu amigo que no dia 24 faças uma boa prova na Meia maratona dos Palacios.Mesmo correndo estarei na torcida por vc amigão.
POis tome cuidado com essa dor no joelho, boa recuperação.

Um forte abraço,

JORGE CERQUEIRA
www.jmaratona.blogspot.com

Os comentários são sujeitos a validação, todos os comentários anónimos ou não que sejam difamatórios, injuriosos e atentatórios da boa imagem dos visados não serão publicados.